HBO ou Telecine?

Quando decidi contratar o serviço de TV por assinatura apareceu a dúvida: escolho um pacote com Telecine ou HBO? O pacote com ambos geralmente fica acima do que queremos gastar.

Procurei na internet e encontrei vários posts de pessoas com a mesma dúvida que eu tinha, mas não encontrei nem uma resposta que realmente fosse útil. Aproveitando meu post anterior sobre TV por assinatura, decidi escrever este falando especificamente sobre os canais HBO e Telecine.

Quando assinei, escolhi o pacote com o HBO, acreditando que este exibia mais filmes recentes e sucessos de bilheteria. No fim, percebi que quase nem assistia os canais HBO, simplesmente porque nada me chamava a atenção. De vez em quando aparece algum filme legal no Max HD. Nos canais HBO SD não sei bem o que é exibido, só fico nos canais HD.

 

Prós e contras de cada um

Há quem diga que só pelo seriado Game of Thrones, HBO já vale a pena. O seriado parece mesmo interessante, mas quando assinei acho que já estava na segunda ou terceira temporada, aí você tem que esperar até começarem a reprisar a primeira temporada.

Nesses canais não me recordo de nenhum comercial após o início do filme, somente entre um filme e outro. Isso é bom e ruim, já que se você quiser uma pausa rapidinha para ir ao banheiro ou beber água, irá perder um pouco do filme. Eu sou daqueles que sai na hora que parece menos interessante, mas quando volto percebo que algo importante aconteceu e fico sem entender parte do filme.

Agora, uma coisa muito chata mesmo é que eles exibem a legenda, quer você queira ou não. Eu prefiro filmes com o áudio original, então isso não me atrapalha já que iria precisar das legendas, mas quem prefere ver filmes dublados, terá que aceitar as legendas ali na tela. Mesmo sem querer, você vai prestar atenção na legenda e ler um pouco de vez em quando. Aliás, a legenda não é a transcrição da versão dublada, você verá que o que estão falando não é exatamente o que está escrito na legenda. Minha mãe não está muito acostumada com filmes legendados, então preferia que ela pudesse assistir sem as legendas atrapalhando.

Estava um pouco insatisfeito com o HBO e decidi assinar um pacote com o HBO e o Telecine. Sinceramente, o Telecine é muito melhor. Esse problema de legendas não ocorre nos canais Telecine, quando há legenda, posso desativar se eu quiser. Outra coisa legal é que há um intervalo de 2 minutos no meio do filme, e eles deixam na tela um timer indicando quanto tempo falta para continuarem a exibição dele.

Sei que a qualidade da programação pode variar, mas no geral, no Telecine são exibidos filmes melhores. Hoje é sexta-feira, estou escrevendo este texto nove da noite. Neste horário muita gente chegou em casa cansado, quer assistir um filme legal e descansar no sofá. Vejam o que está sendo exibido no HBO HD e Telecine HD:

Telecine Premium HD
Agora: Rio (aquele filme dos pássaros no Brasil, é legal para a molecada)
A seguir: Atividade Paranormal 3

Telecine Action HD
Agora: Alien vs Predador 2
A seguir: O Cativeiro

Telecine Pipoca HD
Agora: Atividade Paranormal 2
A seguir: Capitão América: O Primeiro Vingador

HBO HD
Agora: FDP (seriado brasileiro)
A seguir: FDP (outro episódio). Depois dele, um episódio do seriado Treme.

Max HD
Agora: Harry Potter e as Relíquias da Morte (Parte 1)
A seguir: FDP (dois episódios seguidos)

O Max HD é citado porque na SKY só está disponível com o pacote HBO. Como podem ver, são 3 canais HD do Telecine contra 2 do pacote HBO, só isso já conta muito. Não citei a programação dos canais SD porque não assisto e ocultei aqui na guia de programação, também são canais demais para comentar. Mesmo sem incluir os canais SD, acho a comparação justa.

Ah! Esse negócio das legendas não vale para os canais SD. Nos canais Telecine HD você pode ocultar a legenda, mas nos canais SD, não. Isso ocorre nos aparelhos da SKY que tenho aqui, não sei se em outras empresas está disponível legenda eletrônica para estes canais.

 

Conclusão

Se eu fosse assinar hoje, com certeza escolheria o pacote Telecine. Com os dois pacotes aqui, raramente assisto algo do HBO ou Max HD.

 

Ainda vale a pena ter TV por assinatura?

A internet evoluiu muito de uns anos para cá. As pessoas ficaram muito mal acostumadas, é fácil baixar temporadas inteiras do seu seriado favorito (com qualidade HD), para assistir quando der vontade. Filmes você pode alugar em DVD/blu-ray, muitas pessoas baixam na internet. Até mesmo desenhos dublados em português você encontra por aí (apesar de não ser muito fácil encontrá-los). Recentemente pensei: será que vale a pena eu contratar um serviço de TV por assinatura?

Minha afilhada passa as tardes aqui em casa e gosta de desenhos, minha mãe gosta de ver novela de vez em quando. Eu adoro documentários, principalmente sobre civilizações antigas. Resolvi então assinar o pacote HD da SKY. Foi aí que vi que estou realmente mal acostumado. Sempre assisti filmes e seriados em HD/full HD, mas a maioria dos canais da SKY apresenta qualidade SD. E não se engane, esse SD não é algo como “Super Definition”, significa “Standard Definition”,  a resolução é de apenas 480i. HD (High Definition) é 720p, full HD é 1080p. Aliás, esse “i” e “p” após o valor numérico representam “interlaced” e “progressive”. Google it.

Assistir os canais em SD não é muito interessante. Em canais de desenho, você não nota tanto a perda de qualidade, mas em imagens mais complexas, como em filmes e seriados, é outra história. Se você tem uma TV de tubo, nem vai notar a diferença, aliás, a imagem fica perfeita. No meu quarto tenho uma LED de 47″, minha mãe tem uma LED de 40″ no dela. Na minha TV, por ser maior, as imperfeições na imagem dos canais SD é muito notável, na TV da minha mãe fica mais próxima do aceitável. Isso porque nas duas TVs deixei a melhor configuração possível para estes canais, utilizando opções de redução de artefatos na tela, desabilitando contraste dinâmico, etc. No fim, acabo ficando apenas nos canais HD e no Cartoon Network.

Até aqui, tudo bem, já que os canais que mais assisto estão em HD. O maior problema é ter horário para assistir as coisas. Há muitos anos eu não assistia TV, só coisas que baixava. Agora, se eu quisesse assistir meu desenho favorito, precisava ficar de olho no horário para não perdê-lo. Aí é que complicou, amigo. E quando eles anunciam que um documentário legal vai passar daqui dois dias? Quem é que lembra de ligar a TV no dia e horário certo?! Tem que agendar no celular, pra ele te avisar de ligar a TV. O receptor SKY tem a opção de mudar para o canal no dia e horário agendado, mas se você não estiver assistindo a TV, de nada adianta.

Também é chato quando termina um episódio do seriado e você quer ver o próximo. Dependendo do canal, só vai rolar na semana que vem. Baixei LOST e virei madrugadas assistindo, era um episódio atrás do outro. Fico imaginando como seria chato ter que esperar para ver o próximo episódio.

Ah! Os canais HD não exibem a mesma programação de sua versão SD! Por exemplo, o que está passando no canal History não é a mesma coisa que está passando no History HD. Tem muita coisa boa que só passa na versão SD dos canais HD, talvez os programas sejam antigos e não tenham versão HD, não sei. O pior é que ao colocar em um canal SD que tem versão HD, o aparelho exibe na tela “Aperte O para assistir este canal em HD”. Você espera continuar assistindo o que estava vendo, mas lá está passando outra coisa.

Outra coisa chata: canais de filme que só passam filmes dublados. Tem quem goste, mas eu sempre preferi a versão original, com legenda. Aliás, uma má notícia também para quem gosta de filme dublado: alguns canais de filme exibem a legenda em português sobre a imagem, mesmo se você estiver assistindo dublado em português, e não dá pra ocultar a legenda. Nesses casos, você pode mudar o áudio para o original. O ruim de assistir o filme dublado com as legendas aparecendo é que distrai muito, você acaba lendo o que está escrito.

Quando assinei, pedi o pacote HD com os canais HBO. Por 2 meses, raramente assisti alguma coisa nele. Vez ou outra aparecia um filme legal no Max HD. Decidi mudar de pacote, queria o combo HD com os canais HBO e Telecine. Neste pacote você tem direto a um aparelho SKY HDTV Plus, que permite gravar a programação. Foi aqui que o negócio começou a valer a pena.

 

SKY HDTV Plus

Depois de pegar meu pacote com o SKY HDTV Plus, minha experiência mudou totalmente. Agora não assisto nada em tempo real, gravo tudo! E é fácil, basta encontrar o programa no guia e configurar para gravar todos os episódios dele. Assisto o que quero e  quando quero, como já estava acostumado. O melhor de tudo é que posso avançar os comerciais nos programas que gravei. Poxa, quem é que aguenta ver mil vezes os mesmos comerciais falando da programação do canal? Em alguns casos já tinha até decorado as falas dos comerciais.

O aparelho também permite controlar a exibição em tempo real. Está assistindo a novela e precisa atender o telefone? Só apertar o botão de pausa. Depois você dá o play e continua de onde estava. Passou uma cena que você não entendeu direito o que disseram ou alguém te distraiu e você não viu o que aconteceu? Só apertar o botão de retrocesso. Ah! Você só pode pausar e retroceder na programação em tempo real, não dá pra você avançar. Muito útil em canais de filme como o Max HD, que não possui comerciais no meio do filme.

Mas nem tudo são flores, já dizia meu pai. Programei para gravar Seinfeld e depois de um tempo vi que não estava mais gravando os episódios. Motivo: no guia, o título do programa era Seinfeld 5ª temporada, logo, quando esta temporada encerrou e começaram a exibir a próxima, o título no guia mudou para Seinfeld 6ª temporada. Isso bastou para que eu perdesse vários episódios da “nova” temporada :(

Este aparelho HDTV também é bem mais lento que o HDTV comum. A lista de programas gravados é bem lentinha também, principalmente se tiver muitos itens.

Pesquisei outras empresas que oferecem TV por assinatura e vi que a NET também tem um aparelho que permite gravar a programação.

 

Vale a pena ou não?

É difícil dizer, cada pessoa é um caso diferente. O legal é poder assistir um filme ou ver desenhos e documentários sem ter que esperar baixar.  O ruim é que nem sempre tá passando algo que você queira assistir. Se você tem crianças em casa, acho legal assinar porque há vários canais só com programação infantil. Ajuda a distrair minha afilhada hahaha

Se você está mal acostumado como eu, acho que só vale a pena se você puder gravar a programação, ou se pelo menos pegar o pacote com canais HD.

No geral, acho caro. Se não me engano, atualmente pago R$250 mensais neste pacote da SKY. Uso 3 pontos, mas só um é HDTV Plus (que permite gravar). Entre os outros dois, um é HD comum e o outro é SD (não exibe a programação dos canais HD, não tem saída HDMI, usa RCA). Acho que por este valor, pelo menos todos os pontos deveriam ser HD. A Embratel (agora é Claro?) possui soluções mais baratas, mas quando liguei, disseram que apenas um ponto é HD, os demais SD. E nem tinham disponível o pacote que eu queria assinar (queria assinar o pacote com todos os canais).

Existem alternativas mais baratas, como o Netflix (na data de hoje, custa R$15 mensais). Com ele você pode assistir o que quiser, na hora que quiser (desde que o conteúdo esteja no catálogo, claro). Ouvi falar que você precisa de internet com pelo menos “4 megas” para assistir filmes e seriados em streaming com qualidade HD. Aliás, tem muito conteúdo HD no Netflix cuja imagem é melhor que a de alguns canais HD na SKY. O problema é que o conteúdo do catálogo é um pouco antigo, também demoram para atualizar os seriados com novas temporadas. Estava assistindo um seriado no Netflix e eles removeram do catálogo porque a licença de exibição expirou, mas uns 30 dias depois trouxeram de volta. O Netflix compensa só porque é um serviço muito barato.

Aqui na minha região, a velocidade máxima que consigo contratar para a internet é “4 megas”. Se na sua região você pode contratar velocidades maiores, eu investiria o valor em uma internet mais rápida, ao invés de contratar o serviço de TV por assinatura.

LG Cinema 3D (47LW5700)

TVs com 3D passivo estão com preços estão cada vez mais acessíveis, por isso aproveitei uma promoção no FastShop e comprei uma LG Cinema 3D 47″ 47LW5700, já com o Magic Motion incluso.
Antes de comprar eu queria saber mais sobre o aparelho, queria obter mais informações para ver se compensava o investimento. Depois de comprar, tinha dúvidas sobre o funcionamento de algumas coisas. Li centenas de páginas (literalmente) em diversos fóruns, agora que sei mais sobre a TV decidi criar este post para contar minha experiência, as vantagens e desvantagens, assim como responder as principais dúvidas que surgem nos fóruns e oferecer a solução para os problemas mais comuns. No finalzinho há algumas dicas para aproveitar melhor sua TV. Atualizarei este post conforme achar necessário.

Agradeço ao pessoal do HT Fórum, antes de comprar a TV fui tirar minhas dúvidas com eles. Lá aprendi boa parte do que está escrito aqui! Valeu, galera!

 

Firmware atual:  05.00.11

Você pode forçar a verificação indo em HOME > CONFIGURAÇÃO > SUPORTE > ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARE.

Instruções caso vá instalar um firmware baixado do site da LG:
Baixe o zip, formate um pendrive e crie uma pasta com o nome LG_DTV. Coloque o arquivo extraído do zip dentro dessa pasta, e,  com a TV desligada, plugue o pendrive no USB e siga as instruções na tela.

Acredito que o firmware é o mesmo para toda a série LW5700, mas aí vai a página de suporte de cada TV, lá tem os links para download do manual e do firmware:

Link para baixar o firmware da 47LW5700

Link para baixar o firmware da 42LW5700

Link para baixar o firmware da 32LW5700

 

Resumo da minha experiência

*Este trecho é opcional, você pode pular direto para os prós e contras.

Estou com a TV há menos de uma semana e até agora gostei bastante do aparelho. Estava com uma Philips 40″ full HD e achei a imagem dessa LG melhor, tanto para conteúdo HD quanto para conteúdo SD.

Foi fácil instalar e organizar minha biblioteca de vídeos no Plex em meu PC, assim como fazer o Media Link da TV conectar a ele. É muito bacana navegar pelo Media Link e ver seus filmes com capa, título, sinopse e background. Não tive problemas para rodar meus filmes, animes e doramas no Media Link (Plex) ou via DLNA. O maior inconveniente é que a TV não suporta áudio DTS, então você precisa converter para AC3 (Dolby Digital).

Encontrei nessa TV os mesmos recursos que tinha na Philips, estava preocupado pois alguns desses recursos eu curtia bastante e não queria perdê-los. Contraste dinâmico, TruMotion, realce de cores, está tudo aqui. Os acho essenciais para realçar a imagem do vídeo e deixá-lo mais fluído. Na LG também existe um modo avançado para calibrar a imagem, para que o nível de cor, brilho e contraste fiquem adequados.

Para quem é assinante do Netflix, a TV vem com uma app perfeita. Basta entrar em sua conta e navegar pelos filmes, podendo selecionar o áudio e legendas. A qualidade do vídeo ficou muito boa. Ela também tem apps do TerraTV Store e Net Movies, mas não sou assinante desses serviços, então não testei as apps.

Uma das maiores dúvidas do pessoal é sobre o input lag dessa TV. Input lag é o atraso entre a recepção do sinal e a exibição dele. Essa TV tem sim input lag, mas dá para jogar normalmente. Estava jogando todos os dias GTA 4 e Split Second na minha Philips, no dia seguinte quando mudei para essa LG, joguei sem sentir qualquer diferença, sei que existe input lag mas não atrapalha em NADA a jogabilidade. Um membro do HT Fórum (haruzin)  fez um teste para medir o input lag na última firmware (04.02.62) e constatou que, em 20 medições, a média foi de 54.2ms, com picos de 70ms. Se você pesquisar sobre input lag, verá que ele existe em diversos modelos de TV de diversas marcas, o problema não é uma exclusividade desse modelo da LG.

A TV suporta vídeos 3D SBS, seja através da USB, Media Link (Plex) ou DLNA. Se não tiver nada em 3D nativo, você tem a opção de mandar a TV converter o 2D para 3D, nesse caso você não verá nada pulando da tela, mas nos meus testes senti que dá um efeito de profundidade legal.

Conclusão:

Apesar de alguns inconvenientes, eu recomendo essa TV. Achei um ótimo custo x benefício, compraria novamente.

 

Prós
[numbered_list style=”number-pad”]
  1. A TV tem um modo de conversão de 2D para 3D, dá para jogar ou ver vídeos em 3D mesmo que não sejam nativos em 3D.
  2. O menu da LG é muito bonito,  rápido e bem organizado. Achei muito melhor que o menu das TVs Philips, única concorrente em TVs 3D passivo aqui no Brasil.
  3. Os óculos passivos não cansam muito sua visão e são baratos (importei um kit com 4 por US$18 dólares incluindo o frete).
  4. A TV pode executar uma extensa lista de formatos de vídeo. Através da entrada USB ou de sua rede (cabeada via RJ-45 ou wifi) você pode ver fotos, ouvir música e ver vídeos (.asf, .wmv, .divx, .avi, .mp4, .mov, .m4v, .mkv, .ts, .trp, .tp, .vob, .mpg).
  5. É possível conectar um HD externo via USB e gravar a programação da TV aberta, inclusive dá para agendar o início e término da gravação.
  6. Vem com uma app chamada “Media Link”. Ela se conecta exclusivamente ao Plex, ao instalá-lo em seu computador ele reconhece automaticamente a maioria dos seus filmes e adiciona capa, sinopse, ano de lançamento, atores, gêneros, etc. Reconhece também os seriados mais populares, alguns animes e doramas. Se ele não tiver informação sobre um filme ou série específica, você pode adicionar no TheTVDB.com, assim outros usuários também usufruirão :)
  7. Vem com apps para usar nativamente o Netflix e TerraTV Video Store.
  8. Tem saída de fone de ouvido. Considero isso importante, muitas TVs não possuem e meu Home Theater não tem, então ajuda bastante.
[/numbered_list]

 

Contras
[numbered_list style=”number-pad”]
  1. A conversão 2D para 3D é boa, mas se a imagem não for 720p ou 1080p, o efeito não é satisfatório. Também depende do que se passa na imagem, em GTA 4 o efeito de profundidade ficou bem legal, jogando Split/Second já não ficou tão bacana. O resultado varia bastante, mas ter essa opção essa opção é melhor do que não ter, visto que há poucos filmes em 3D no mercado.
  2. Apesar de poder reproduzir uma diversidade enorme de formatos de vídeo, a TV não suporta áudio DTS. Aliás, muitos aparelhos não suportam esse formato proprietário. Se tiver vídeos com áudio DTS, terá que converter para AC3 (Dolby Digital).
  3. Controle remoto gigante. Sério. Dá para segurar o controle com as duas mãos e ainda sobra. É ruim quando você quer usar algum botão nas extremidades do controle.
  4. No modo DLNA ou mesmo no Media Link (Plex) não dá para trocar a legenda ou a faixa de áudio do vídeo, também não lê a legenda se ela estiver embutida no vídeo, ela deve estar separada, na mesma pasta do vídeo e com o mesmo nome de arquivo. Também não dá para alterar a proporção da imagem, por exemplo, vídeos 4:3 você não pode esticar a imagem e usar 16:9. Achei isso muito inconveniente.
  5. A saída de fone de ouvido foi colocada na parte de trás da TV, se instalá-la na parede, provavelmente não vai conseguir alcançar a entrada. Essa saída deveria ter sido colocada na lateral!
  6. A função Time Machine não permite gravar nada de outras fontes que não seja a de canais abertos UHF. Com certeza essa limitação é por questões legais, mas seria muito bacana poder gravar partidas de videogame.
  7. Quase todo mundo reclamou de “vazamento de luz”. A minha também tem, infelizmente. Nem adianta mandar trocar, um cara pediu outra e a que trouxeram veio pior. O controle de qualidade da LG poderia ser melhor.
[/numbered_list]

 

FAQ / Solução de Problemas
  1. Existe mesmo input lag nessa TV? Dá para jogar nela?!
    Sim, existe. Entretanto, jogo no Xbox 360  enão consegui sentir o atraso na resposta aos comandos, não me atrapalha em nada. Estou jogando normalmente tanto em 2D quanto fazendo a conversão 2D para 3D. A única coisa que fiz foi renomear a entrada para Jogos, pois o ícone fica personalizado e fica mais fácil encontrar a entrada do videogame. Mudando o nome da entrada para Jogos, ao selecioná-la a TV irá automaticamente selecionar o modo de imagem com o mesmo nome, “Jogos”. Nesse modo o TruMotion e outros processamentos de imagem não são habilitáveis. Também jogo no PC, usando a TV como segundo monitor. Já joguei Unreal Tournament 3, Burnout Paradise e outros jogos. Não notei input lag algum, sequer lembro que a TV tem input lag.
    Há quem diga que é impossível jogar nessa TV por causa do input lag. Notei que são minoria, pelo menos no HT Fórum. Muitos casos você vê alguém dizer que após uma atualização ou depois de mudar alguma coisinha nos ajustes de imagem, o input lag sumiu ou aumentou. Nesses casos, acredito que é um placebo. Para saber mesmo, só fazendo testes com um segundo monitor.
    [gn_spacer size=”10″]
  2. A qualidade de imagem dessa TV é boa?
    Eu achei muito boa, tanto para SD quanto para HD. Infelizmente o que eu considero bom pode ser diferente dos seus padrões, o melhor é ver por si mesmo.  Seja coerente, uma TV menor ou com resolução menor irá exibir uma imagem mais “bonita” caso o vídeo seja de baixa resolução, enquanto perde detalhes nos vídeos de qualidade full HD. Como esse modelo da LG é full HD, a melhor imagem será sempre a de 1080p.
    [gn_spacer size=”10″]
  3. Ela vem com Magic Motion? Compensa comprar?
    A TV não vem com Magic Motion. Importando, ele fica em torno de US$45 dólares com o frete. No Brasil está na faixa de R$150. Eu achei muito prático, mas não consegui aposentar o controle que veio com a TV, acabo usando os dois. Se tiver um iPhone, iPad ou Android, você pode baixar gratuitamente a app da LG para controlar a TV, basta que os aparelhos estejam na mesma rede. Links nas dicas, no final da página.
    [gn_spacer size=”10″]
  4. A TV roda perfeitamente meus vídeos, mas alguns estão sem som, o que faço?
    Verifique  se o áudio dele é DTS, no Brasil, a LG não reproduz esse formato. Se estiver rodando o vídeo pelo Media Link, no seu computador procure nas configurações do Plex a opção de converter on-the-fly DTS para estéreo. Outra alternativa é baixar gratuitamente o “PopCorn MKV Audio Converter” e converter o áudio do vídeo para Dolby Digital (AC3), assim se o áudio DTS tem 5.1 canais, você não os perde. Ele tem até mesmo a opção de converter o áudio de todos os vídeos de uma pasta e das subpastas, ainda pode automaticamente verificar quais não tem áudio AC3 e converter apenas aqueles que precisam de conversão. Cada conversão leva aproximadamente 10 minutos, você pode ir dormir e mandar ele converter todos os vídeos da sua coleção. Existe ainda outra opção, usar um bom servidor DLNA que faça o transcode para AC3 on-the-fly (confira no final da página a seção de dicas).
    *Curiosamente, este mesmo modelo de TV na Coréia suporta áudio  DTS. Algumas TVs dá para alterar a região para a coreana, aí o DTS passa a funcionar, mas segundo relatos a TV fica cheia de problemas, acaba não compensando fazer essa troca de região.
     [gn_spacer size=”10″]
  5. Meu vídeo tem mais de um áudio e as legendas são embutidas no arquivo mas a TV não me permite selecionar no Media Link!
    Infelizmente a TV não permite mesmo a seleção de áudio ou de legendas, seja via DLNA ou Media Link (Plex). Entretanto, se você rodar o vídeo à partir da entrada USB da TV essas opções ficam disponíveis e a legenda embutida aparece normalmente na tela.
      [gn_spacer size=”10″]
  6. Meu vídeo tem mais de um áudio e pelo Media Link sempre vem o áudio que não quero!
    Você pode colocar o arquivo em um pendrive ou HD externo e conectar na USB da TV, conforme descrite no item 5, assim poderá selecionar outras faixas de áudio. No Plex tem a opção de selecionar o idioma padrão dos vídeos, mas nem sempre funciona pois a faixa de áudio do vídeo precisa estar com o idioma devidamente configurado, o que geralmente não é o caso. Há ainda outra alternativa, baixe gratuitamente o MKVToolnix e abra o arquivo de vídeo nele. Todas as faixas de áudio aparecerão, você pode configurar o idioma do áudio das faixas e recomendo reposicioná-las, para que a faixa de áudio desejada seja a primeira da lista. No programa tem uma opção para forçar a faixa de áudio como a padrão.
      [gn_spacer size=”10″]
  7. Tenho filmes SBS mas em alguns não consigo perceber o efeito 3D ou ele fica estranho
     Pode ser que esse filme não seja nativo 3D, ou seja, converteram para SBS usando algum software. Outra possibilidade é que o padrão SBS esteja invertido, geralmente é Esquerda -> Direita, mas de vez em quando você esbarra com um vídeo que é Direita->Esquerda. Com o 3D ativado, use o Q.Menu e selecione a opção Configuração do Modo 3D. Em Correção do Modo 3D, altere paraDir./Esq.
     [gn_spacer size=”10″]
  8. Preciso de um cabo HDMI 1.4 para jogar ou ver filmes 3D?
    Eu não acredito que seja necessário. Na versão 1.4 os cabos HDMI podem enviar vídeos em resolução maior (4k x 2k), podem compartilhar a rede entre os aparelhos e se não me engano, na versão 1.4 foi introduzido o ARC. A TV não suporta resolução maior que 1080p, seja via USB ou HDMI. Há inúmeros relatos de ARC funcionando em cabos HDMI sem ser versão 1.4. Xbox360 foi lançado em 2005, na época só havia HDMI padrão 1.2, PS3 saiu já com o padrão 1.3, que foi lançado em 2006. Eu comprei um cabo HDMI 1.4 porque paguei barato e principalmente por frescura, não acho realmente necessário :P
    [gn_spacer size=”10″]
  9. De vez em quando a TV começa a fazer um barulho endiabrado, um tipo de zunido!
    Esse é um problema comum nesse modelo, carinhosamente batizado de Canto do Capeta. Li que isolar o terra na sua tomada pode solucionar o problema. Até o momento não ouvi o Canto do Capeta na minha TV. [Editado: 9 meses depois e ainda não tive esse problema] [gn_spacer size=”10″]
  10. Minha TV tem umas manchas mais claras na imagem, perceptíveis apenas quando está ligada e a tela está toda escura (preta)
    Isso é conhecido como “vazamento de luz”, outro problema comum da TV. Teve gente que trocou a TV e veio outra com ainda mais vazamento de luz. A minha veio com o mesmo problema e eu decidi ficar com ela, visto que trocar por outra ou acionar a assistência técnica parece não trazer uma solução. No HT Fórum o Nildefender disse que resolveu o problema desapertando em uma volta os parafusos traseiros da TV, mas só nos locais onde havia vazamento de luz. Fiz o mesmo e ajudou bastante, mas não recomendo tentar uma solução em casa, se achar que o vazamento de luz é insuportável, entre em contato com a assistência técnica.
    [gn_spacer size=”10″]
  11. O que é TruMotion?
    É uma tecnologia que atua sobre a taxa de atualização da imagem. Ela aumenta a taxa de quadros por segundo para tornar o movimento dos objetos na tela mais nítidos e suaves.
    [gn_spacer size=”10″]
  12. Posso usar qualquer adaptador wifi na USB? A TV reconhece?
    Não é possível, apenas o da própria LG.
    [gn_spacer size=”10″]
  13. Qual a melhor configuração de imagem?
    Não existe uma configuração exata, visto que cada um tem sua própria opinião sobre qual imagem ficaria melhor, também depende da distância com que você assiste TV e da iluminação do ambiente.
    [gn_spoiler title=”O pessoal do HT Fórum usa essa configuração como base”] Energy Saving: Desligado
    Modo de Imagem: Expert 1
    Backlight: 65
    Contraste: 93
    Brilho: 53
    Nitidez H: 50
    Nitidez V:50
    Cor: 50
    Tom: G2
    Avançado (Expert)
    …… Contraste Dinâmico: Desligado
    …… Redução de Ruído: Desligado
    …… Redução de Ruído MPEG: Desligado
    …… Super Resolução: Ligado
    …… Nível de Preto: Baixo
    …… Cinema Real: Ligado
    …… Gama de Cores: BT709
    …… Realce de Contorno: Desligado
    …… Filtro de Cor: Desligado
    …… Temp. cor: Médio
    …… Gama: 2.2
    …… Método: 2 Pontos
    …… Padrão: Externo
    …… Tom, Brilho e Contraste de azul, vermelho e verde: Todos em 0 (zero)
    TruMotion: Desligado
    Full LED: Alto
    Se você sentir cansaço nos olhos com estes ajustes, tente:
    Backlight: 50 ou menos
    Contraste: 85 (se usar um valor muito baixo, a imagem ficará muito escura)[/gn_spoiler]
  14. Quando tento assistir um vídeo pelo Media Link ele pausa constantemente para carregar
    Isso pode ser por dois motivos:
    a) Você marcou no Plex a opção de converter áudio DTS para estéreo. Aparentemente o Plex faz uma conversão simultânea do vídeo e do áudio, se o vídeo for de alta resolução (720p/1080p), seu PC terá problemas para converter na velocidade necessária para assistir o vídeo enquanto é feita a conversão. Tenho um Core i7 (4 cores físicos, 8 cores lógicos) e tive que fazer um overclock até 4.4GHz para conseguir fazer a conversão do filme sem ficar pausando para carregar.
    b) Sua rede está saturada ou há um “gargalo” na configuração. Se quiser assistir filmes full HD (1080p), conecte seu PC ao roteador usando um cabo de rede e conecte a TV ao roteador também usando cabo de rede. Isso garantirá que a taxa de transferência é a mais alta possível. Conseguirá rodar praticamente qualquer filme do seu PC (incluindo os vídeos 1080p) sem problemas de pausa para carregar (desde que observado o item “A” acima).

 

Dicas

[headline h=”4″]Rode qualquer vídeo diretamente na TV, inclusive vídeos com áudio DTS sem precisar converter para AC3 e sem fazer downmix para estéreo![/headline]

O Media Link que vem na TV é bacana, mas o Plex é um pouco fraco em recursos. Recomendo instalar um servidor DLNA no seu computador, em especial, o Mezzmo. Já vou logo dizendo: ele não é gratuito, custa US$25 dólares e possui um trial de 15 dias, que pode ser renovado por mais 15 dias quando acabar. É um preço muito baixo se comparar as vantagens:

– Converte on-the-fly vídeos que sua TV não suporta. Por exemplo, essa TV roda vídeos MKV, mas se o áudio for DTS, não funciona. O Mezzmo envia o vídeo para a TV e simultaneamente converte o áudio para AC3, sem perda dos canais do áudio (se a entrada é DTS 5.1, ele converte para Dolby Digital 5.1). Qualquer formato de vídeo não suportado pela TV ele faz a conversão automática, consegui rodar vídeos .flv sem problema algum e sem ter que aguardar o programa converter o vídeo todo, ele vai convertendo e ao mesmo tempo envia para a TV;

– enquanto alguns servidores DLNA cobram uma taxa adicional para cada novo aparelho conectado, o Mezzmo cobra uma taxa única de US$25, não importa quantos aparelhos irá conectar ao seu servidor DLNA;

– Você pode criar listas inteligentes, baseadas no caminho dos arquivos, no nome dos arquivos, artista, ano, uma lista com os mais recentes, os mais reproduzidos, com melhor nota, entre muitas outras coisas. Dedicarei um post para falar só deste software.

Infelizmente, nem tudo são flores. Para fazer essa conversão simultânea você precisa de um PC bem potente, especialmente se o vídeo for 1080p. Para os computadores que não suportam essa carga, o Mezzmo tem a opção de converter previamente o vídeo, aí quando você for assistir, ele vai enviar a versão convertida. Você tem 15 dias para testar, acho que vale a pena a tentativa.

 

[headline h=”4″]Um ótimo vídeo para mostrar o efeito 3D para sua família e amigos[/headline]

Ainda não achei um vídeo melhor, minha família viu e ficou impressionada. É uma coletânea de vídeos de demonstração da LG, geralmente usados nas lojas para demonstrar o efeito 3D da TV. Procure no Google: “LG_CINEMA_3D_DEMO_SBS_1080P_AC3_BLUESEAN.ts”. O vídeo tem 3.8GB, 1920×1080 pixels, 14 minutos, bitrate 30k, formato AVC. Áudio com 5 canais.

A qualidade da imagem é muito boa e o 3D é ainda melhor.

 

[headline h=”4″]Jogue em Dual Play: dois jogares na mesma TV, cada um vendo sua própria tela de jogo[/headline]

Nas TVs da Philips o Dual Play é anunciado como uma das vantagens da TV, mas dá para fazer em qualquer TV com 3D passivo. Você deve trocar as lentes de 2 pares de óculos, para que um tenha duas lentes esquerdas e o outro fique com duas lentes direitas. Nesse vídeo é mostrado como trocar as lentes dos óculos: www.youtube.com/watch?v=jj5jwIQI8rY
Outra alternativa é um jogador tampar o olho esquerdo e o outro tampar o olho direito, desta forma dá para fazer o teste sem ter que alterar as lentes dos óculos.
Depois basta entrar no jogo multiplayer com a tela dividida ao meio e ativar o 3D. Se a tela estiver dividida horizontalmente, selecione o modo 3D cima/baixo, se estiver dividida na vertical, use o modo esquerda/direita. No meu teste, achei que a imagem estava com uma qualidade muito ruim (afinal era a imagem de meia tela que agora preenche a tela toda), também ficou uma leve sombra da imagem do outro jogador. Enfim, não recomendo. Perdi dois óculos pois é preciso cortar as lentes para encaixarem, não acho que compensa. Ainda bem que os óculos são baratos :)

 

[headline h=”4″]Use seu Android, iPhone ou iPad para controlar a TV[/headline]

A TV não vem de fábrica com o Magic Motion e muitos não querem investir R$150 em um controle – apesar dele facilitar bastante a navegação nos menus. Se você tem um aparelho com Android, um iPhone ou iPad, basta instalar gratuitamente uma app da LG, conectar o aparelho via wifi na sua rede e parear com a TV. Para mover o cursor na tela da TV, basta deslizar o dedo sobre a tela do seu tablet ou celular. Também dá para trocar o canal, aumentar/baixar o volume e acessar outras opções. Estes são os links para baixar no Android Market, ou na App Store. Infelizmente a app do Android não é compatível com todos os celulares.

 

[headline h=”4″]Esticar vídeos “quadrados” (4:3)[/headline]

Antigamente as TVs eram quadradas, portanto os vídeos desta época são quadrados, formato 4:3. A imagem fica centralizada e você vê barras pretas nas laterais.
Estou acostumado a esticar estes vídeos, para que fiquem no formato 16:9. Infelizmente esta opção não está disponível no Media Link (Plex) ou DLNA. Fiz alguns testes e descobri que no Media Link dá sim para esticar automaticamente vídeos no formato 4:3!
Vá até a pasta C:\Users\<user name>\AppData\Local\Plex\userdata e edite o arquivo advancedsettings.xml. Se este arquivo não existir, crie com o bloco de notas.
No arquivo, adicione o código abaixo, salve e reinicie o Plex Server em seu computador.

<advancedsettings>
<videoplayer>
<stretch43>4</stretch43>
</videoplayer>
</advancedsettings>