Xbox 360 Wireless Receiver não é reconhecido

Problema

Queria usar no PC meus controles sem fio do Xbox 360, então importei da China o tal receptor sem fio. Paguei uns US$5 na época, levou uns 30 dias para chegar e quando finalmente chegou, não consegui fazer funcionar. Conectava na porta USB, a luz acendia, mas o Windows não reconhecia e os drivers que vieram não eram aceitos.

Solução

Atenção: Acredito que o procedimento é totalmente seguro, mas como é de prática comum, deixo claro que qualquer problema ocasionado em decorrer destes procedimentos é de sua responsabilidade. Se não quiser correr o risco, não execute os passos abaixo.

  • Vá em “Painel de Controle” > “Hardware e Sons” > “Gerenciador de Dispositivos”;
  • Em “Outros dispositivos” deverá ter um “Dispositivo desconhecido”. Se houver mais de um, é porque há outra coisa conectada no seu PC e ele não conseguiu instalar os drivers deste item, resolva primeiro o problema com o outro aparelho ou desconecte-o, para ter certeza de que o “Dispositivo desconhecido” apresentado é o receptor wireless que estamos tentando fazer funcionar;
  • Clique com o botão direito sobre o “Dispositivo desconhecido” e selecione Propriedades. Na janela a seguir, acesse a aba Driver e clique em “Atualizar Driver…”;
  • Na nova janela, clique em “Procurar software de driver no computador”, depois em “Permitir que eu escolha em uma lista de drivers de dispositivo no computador”;
  • Na lista, selecione “Periféricos do XBOX 360”;
  • Agora, basta selecionar “Xbox 360 Wireless Receiver for Windows” e clicar em Avançar;
  • Aparecerá um aviso dizendo que não é recomendável instalar o driver de dispositivo. Se quiser continuar mesmo assim, clique em “Sim” e o aparelho funcionará imediatamente.

 

E é isso! Parece meio complicado, mas o processo é muito simples, basta seguir passo-a-passo que não tem erro.

Observação

Se conectar em outra porta USB, provavelmente o Windows não irá reconhecer o aparelho, então você terá que executar estes passos novamente.

A4Tech X7 G800V – Teclado Gamer

Precisava de um novo teclado, pensei em comprar um Microsoft Arc Wireless Keyboard para reduzir os fios por aqui. Infelizmente a falta de um teclado numérico e as setas em apenas uma tecla desmotivaram a compra. Não jogo muito no PC, mas gosto de ter esta opção. Este teclado parecia ótimo para programar, mas para jogar não seria o indicado.

Me deparei com o X7 G800V da A4Tech, um teclado voltado para quem joga no computador. Apesar de não ser wireless (usa uma conexão USB comum), ele chamou muito a minha atenção. As teclas mais comuns nos jogos (W-A-S-D e as setas)  são emborrachadas para evitar que seu dedo escorregue, também estão destacadas em vermelho para que você as visualize melhor. Sempre tive dificuldade em posicionar os dedos sobre o WASD, às vezes percebia que estava com os dedos sobre as teclas vizinhas. A textura emborrachada e a cor viva facilitaram muito minha vida, sei que estou com os dedos sobre as teclas certas mesmo sem olhar.

Além das costumeiras teclas multimídia para aumentar/baixar o volume, pausar, avançar, voltar música, ele também possui uma tecla para desativar a tecla “Windows”. É triste esbarrar nela quando estamos jogando em tela cheia, a opção de desabilitá-la temporariamente é bem vinda.

O teclado também promete um tempo de resposta excepcional, apenas 1ms / 1000 Hz.

Em alguns teclados antigos, ao pressionar simultaneamente três ou quatro teclas ele envia apenas uma. No X7 G800V você pode pressionar até oito teclas ao mesmo tempo, sem problema algum.

Derramou coca-cola no teclado? Tudo bem, ele é resistente a líquidos. Confira o teste feito por um doido:

httpv://youtu.be/66fcd1PdCec

Essas “features” são legais, mas nada disso é o ponto forte do teclado, seu ponto forte são os atalhos. Ele vem com 15 teclas adicionais estrategicamente posicionadas, você pode configurar para que cada uma faça algo diferente. Por exemplo, em uma das teclas você pode configurar a sequência do Hadouken, assim ao invés de ficar se matando para jogar Street Fighter no teclado, basta apertar uma tecla para soltar o especial do lutador. Mas aí você diz: “Se eu configurar todas as teclas de atalho para executar combos no Street Fighter, o teclado será inútil quando eu quiser jogar Modern Warfare ou Batman”. Muito pelo contrário, o teclado permite o cadastro de até 5 perfis! Você pode configurar para que 5 jogos diferentes usem todas as teclas, basta criar um perfil para cada jogo e alternar quando for necessário, há uma tecla especialmente para isso, a tecla com “M”, acima do teclado numérico (a luz acima dela muda de cor de acordo com o perfil ativo).

Ele vem com um editor para facilitar o cadastro dos atalhos, mas o teclado possui memória interna, então todos esses atalhos ficam registrados nele. Usei alguns atalhos em um jogo online e o XTrap não acusou nada, afinal, quem está executando os comandos é o teclado, não o software. Aliás, o editor é MUITO bom. O cadastro de macros é muito simples, mas extremamente útil e poderoso. Por exemplo, num jogo online você pode configurar um macro onde o teclado enviará os comandos para executar a magia 1, magia 2 e magia 3. Ao executar este combo, digamos que você fica sem MP, então você pode configurar para que após executar o combo, ele use o atalho para a poção de MP e ainda execute as magias 4 e 5. Se ligou? Você executa um combo 3, usa mana potion e depois continua com um combo 2, tudo isso com apenas uma tecla ♥

Mesmo que a magia leve 5 segundos para ser executada, não tem problema. No macro dá para você configurar o tempo de espera, Magia 1 – aguarde 5 segundos – Magia 2 – aguarde 10 segundos – magia 3, etc.

E é isso aí. As teclas são super macias, não preciso fazer esforço para que as letras sejam printadas na tela. Sou programador, então digito bastante. Se as teclas forem um pouco mais duras, após algumas horas trabalhando já começo a sentir dores no pulso. Trabalho e jogo com este teclado sem nenhuma dificuldade, tirando o teclado do meu notebook, este é o teclado mais macio que já usei.

Alguns estão com problemas para o software reconhecer o teclado. O colega Giovane disse que o problema dele foi plugar numa porta USB 3.0. Ao plugar numa porta USB 2.0, o problema desapareceu. Me pediram para fazer o upload do software, tenho ele em versão portátil (não precisa instalar) e upei para o MediaFire. Tá aí o link: http://www.mediafire.com/?47hbhl99jkobazz

 

 

[headline h=”1″]Prós[/headline] [numbered_list style=”number-pad”]
  1. teclado padrão brasileiro, com Ç (a grande maioria dos teclados gamer são importados, padrão internacional sem Ç)
  2. resistente a líquidos
  3. 15 teclas de atalho de fácil acesso
  4. editor  de atalhos fácil de usar
  5. teclas WASD e setas são em cor destacada e emborrachadas
  6. teclas macias
  7. ótimo tempo de resposta
  8. sem efeito “ghost”, você pode pressionar até 8 teclas ao mesmo tempo
  9. preço excelente (paguei cerca de R$90)
  10. você pode remover e recolocar as teclas sem muito esforço, facilita a remoção de sujeira que acaba ficando embaixo da tecla.
[/numbered_list]

 

 

[headline h=”1″]Contras[/headline] [numbered_list style=”number-pad”]
  1. não é sem fio, como todo teclado voltado para jogos. Se fosse wireless, o tempo de resposta seria bem maior, então não sei se dá para contar como um ponto negativo.
  2. a barra de espaço é pequena. Dá para se acostumar, mas de vez em quando acabo apertando sem querer as teclas de atalho que ficam ao lado, vício do teclado antigo. Por serem de fácil acesso, essas teclas perto do espaço podem ser muito úteis em jogos FPS que requerem ações rápidas.  [Atualizado 02/11/2012: hoje não tenho nenhum problema com a barra de espaço, digito sem olhar para o teclado e não erro a barra de espaço ]
  3. o design não é muito atraente.
[/numbered_list]

 

Considerando os prós, os contras e o preço, estou muito satisfeito com o teclado. Recomendo a compra caso precise de um bom teclado gamer de baixo custo.

 

Quero lembrá-los que este texto não visa ser uma análise do produto, como sempre, estou apenas descrevendo minha experiência com ele.  Se quiserem especificações técnicas ou saber mais sobre as funções que não descrevi, procurem no site do fabricante: http://www.x7.cn/en/index.asp

 

Abaixo, uma foto do meu teclado para que possam ver como ficou no padrão brasileiro. Quando fui comprar, não achei em nenhuma loja a imagem do teclado com o Ç, apesar da descrição dizer que é padrão brasileiro (notem que o SHIFT esquerdo é menor). Também tem dois prints do programa que permite editar os atalhos e a foto de marketing do teclado, com resolução melhor (esta é a versão americana, sem Ç).

 

[styled_image size=”medium” align=”left” link=”http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/g800v_br.jpg” lightbox=”yes” alt=”Teclado padrão ABNT”]http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/g800v_br.jpg[/styled_image] [styled_image size=”medium” align=”left” link=”http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/x800v_usa.jpg” lightbox=”yes” alt=”Imagem do fabricante. O teclado da imagem é padrão americano, sem Ç”]http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/x800v_usa.jpg[/styled_image] [styled_image size=”medium” align=”left” link=”http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/g800v_software.png” lightbox=”yes” alt=”Software para edição dos atalhos e perfis de jogos”]http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/g800v_software.png[/styled_image] [styled_image size=”medium” align=”left” link=”http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/g800v_macro_editor.png” lightbox=”yes” alt=”Editor de macros”]http://www.michaelfrank.com.br/wp-content/uploads/2011/12/g800v_macro_editor.png[/styled_image]